-65°C: MINI ERA DO GELO COMEÇANDO NO HEMISFÉRIO NORTE. MUITOS IMIGRARÃO PARA O HEMISFÉRIO SUL

VIMOS FALANDO HÁ ANOS QUE IREMOS ENTRAR EM UMA MINI ERA DO GELO. ISSO JÁ ESTÁ ACONTECENDO NO HEMISFÉRIO NORTE, E NO SUL AINDA NÃO, POR CAUSA DA ANOMALIA DO ATLÂNTICO SUL, MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE NÃO ENFRENTAREMOS SÉRIOS PROBLEMAS TAMBÉM EM UM FUTURO PRÓXIMO...

E esse calor no Brasil NÃO está sendo causado pelo Sol, conforme explicamos no documentário a seguir.

A TERRA ESTÁ EVENTUALMENTE PERDENDO A MAGNETOSFERA E SENDO ATINGIDA POR RADIAÇÃO CÓSMICA DE ALTA INTENSIDADE

A causa da temperatura nos extremos é porque a nossa magnetosfera está tendo reações diferentes nos hemisférios e nos polos, por que o campo de força do nosso planeta está enfraquecendo, devido às alterações dos polos magnéticos (estamos fazendo um documentário a respeito).

Esta é a imagem do satélite na NASA que monitora os raios cósmicos que atingem a Terra.

iswa_download

Fonte: http://iswa.ccmc.gsfc.nasa.gov/IswaSystemWebApp/StreamByDataIdServlet?allDataId=1084986841

 

Não recebemos calor direto do Sol mas sim ondas de energia que atingem a Terra e por causa da nossa atmosfera, são convertidas em calor e luz, tanto que o Sol necessariamente não é quente...

Vamos pensar: para o Sol "pegar fogo" ou ser quente, ele precisaria de oxigênio. E no espaço há oxigênio?

Outra coisa para pensarmos: a distância da Terra ao Sol  é de aproximadamente 149.600.000 km, e a  temperatura despenca para -272º C. Se o Sol fosse quente, esse espaço não deveria ser quente também?

O que acontece é que o Sol emite uma energia que, ao chegar em nossa atmosfera é convertida em calor e luz...

 

O Sol não está com fortes explosões em direção à Terra; vejam no acompanhamento do NOOA, de dezembro de 2016, há quinze dias atrás:

solar-cycle-sunspot-number

Fonte: http://www.swpc.noaa.gov/products/solar-cycle-progression

O traço vermelho do gráfico é onde o marcador deveria estar!

A NASA sabe que isso iria acontecer, desde 2006, e esse gráfico a seguir é o que eles tinham como base. Eles fazem um cálculo de ciclos de 11 anos, nos quais o Sol tem o seu mínimo e seu máximo, e agora estamos no ciclo 24.

predictions3_strip_spanish

Fonte: https://ciencia.nasa.gov/science-at-nasa/2006/10may_longrange/

 

Estamos entrando no Mínimo de Maunder e isso é um evento cíclico.

Sunspot_Numbers

 

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mínimo_de_Ma

 

MAS TEMOS QUE ENTENDER QUE ISSO IMPLICA EM PROBLEMAS PARA A AMÉRICA DO SUL TAMBÉM. MOSTRAMOS ISSO NO FINAL DO POST.

AGORA VEJAM COMO O FRIO ESTÁ ATINGINDO ALGUNS LUGARES DO HEMISFÉRIO NORTE.

“O Dia Depois de Amanhã”. Frio de até -65°C mata quase mil pessoas entre a África, América do Norte, Ásia e Europa

FONTE: De olho no tempo.

 

Frio de até -65°C matou quase 1.000 pessoas entre a África, América do Norte, Ásia e Europa.

internacional-10-01-17-113

Desde o início do inverno, o frio intenso já matou quase mil pessoas em países da América do Norte, Ásia, Europa e até mesmo no norte da África.

Intensas massas polares potencializadas por vórtices ciclônicos – regiões de baixa pressão atmosférica – além de uma persistente e contínua corrente de jato, que contorna o Círculo Polar Ártico, com ventos de até 300 quilômetros por hora e sobre 12 mil metros de altitude, as invasões gélidas migraram para sul, rumo ao Equador, provocando tempestades violentas de neve.

 

internacional-14-01-17-3

TAMBÉM JÁ ESTAMOS COM ALTERAÇÕES NAS ÁGUAS DOS OCEANOS, PERTO DO EQUADOR.

FONTE: http://tropic.ssec.wisc.edu/real-time/mimic-tpw/global/main.html

 

Somente no Canadá e Estados Unidos, a neve já tirou a vida de mais de 100 pessoas desde dezembro de 2016. Grande parte envolvendo acidentes de trânsito, com engavetamentos gigantescos, com quase 100 veículos de uma só vez.

internacional-14-01-17-4

O gelo acumulado nas rodovias provocou escorregamentos tornando inevitáveis os acidentes. O número de mortos na América do Norte também está atrelado aos moradores de rua, cuja a imprensa nem sempre tem o interesse em divulgar, pois mantém a linha de que países ricos não têm morador de rua desassistido pelo governo.

internacional-10-01-17-87

Mas, de acordo com organizações não-governamentais, até o momento quase 150 já morrem por causas relacionadas ao frio intenso de até -30°C entre os estados de Dakota do Norte e Maine, norte e nordeste dos Estados Unidos.

internacional-10-01-17-11

Na Argélia, cidades elevadas registraram temperatura de até -5°C com precipitação de neve. A neve também caiu no Deserto do Saara pela segunda vez desde 2012, e não pela primeira vez em 37 conforme disseminado na imprensa mundial.

internacional-10-01-17-81

O curioso é que, em 2012, quando passou próximo à Terra o primeiro Elenin, o C/2010 X1, que é uma estrela anã magnética, como explicamos na Palestra Transição Planetária As Verdades Escondidas, também houve eventos extremos, inclusive nevou no deserto do Saara, Argélia, Egito, etc. e agora, com a aproximação do segundo Elenin, denominado como P/2011 NO1, que é extremante maior, milhares de vezes o tamanho da Terra, e já estão acontecendo os mesmos fenômenos.

Mas, preparem-se, porque será muito pior e também teremos problemas no Brasil a esse respeito.

Vamos entrar em uma mini era do gelo.

 

Você viu o segundo Sol em 2012?

Você acha que isso é impossível de acontecer e atingir o Brasil?

Então, o problema é que os mares já estão congelando gradativamente e são eles os responsáveis pela temperatura do planeta.

13.01.2017

Fonte: (mude para temperatura dos mares na parte de baixo) http://www.painelglobal.com.br/

ENQUANTO ISSO, NO HEMISFÉRIO NORTE...

internacional-14-01-17-6

(Intensa nevasca registrada em Sidi Bel Abbes, no norte da Argélia, próximo ao Mar Mediterrâneo. Crédito da imagem: Assaf Jourber)

 

internacional-14-01-17-7

No Egito, Alexandria teve a menor temperatura mínima em 100 anos, apenas 0°C. No Aeroporto Internacional, a temperatura mínima oficial caiu para 3°C.

 internacional-10-01-17-83
internacional-10-01-17-84


internacional-10-01-17-86
internacional-10-01-17-88
internacional-10-01-17-90

MUITOS VÃO OLHAR ESSAS IMAGENS E ACHAR QUE ISSO É NORMAL LÁ, MAS NÃO É MESMO...

 

PESQUISEM, ANTES DE ACEITAR PASSIVAMENTE TUDO O QUE A MÍDIA FALA OU OMITE NAS INFORMAÇÕES, PORQUE ELES NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA DA VERDADE.

OS QUE CONTROLAM OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO CALAM-SE, PORQUE ELES TÊM SEUS BUNKERS CONSTRUÍDOS, PARA QUE, NO MOMENTO EM QUE ISSO ACONTECER, ELES LEVEM SUAS FAMÍLIAS E AS PROTEJAM.

E NÓS?

ventusky-temperature-20170114t1600

 

FONE:https://www.ventusky.com/?p=52;107;1&l=temperature&t=20170114/16

internacional-14-01-17-8

(Em 9 de janeiro de 2017, o Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) do satélite Aqua da Agência Espacial Americana (NASA) capturou esta imagem de neve no norte da Mongólia. Estima-se que 157.000 mongóis agora enfrentam severas condições de sobrevivências, de acordo com a agência ReliefWeb. Durante o inverno de 2016, mais de um milhão de animais morreram durante um evento semelhante. Crédito da imagem: Reprodução/Earth Observatory/NASA)

O frio, sem precedentes em vários lugares, tomou conta de toda a Europa sendo que até mesmo a Rússia, segundo lugar mais frio do planeta Terra, depois da Antártida, registrou quebras de recordes de temperatura mínima, com até -65°C no norte da Sibéria.

As baixas temperaturas já mataram mais de 800 pessoas em todo o continente, onde autoridades confirmaram pelo menos 25 mortes na Alemanha, 90 mortes na Bulgária, 50 mortes na República Tcheca, 45 mortes na Romênia, 300 mortes na Turquia e 150 mortes na Ucrânia. Todos, números oficiais e que são atualizados diariamente pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

internacional-14-01-17-16

 

(Atual cobertura de gelo/neve sobre a Europa impressiona. Praticamente todos os países acumularam gelo e neve em superfície desde o início do ano. Crédito da imagem: Reprodução: Cbk)

Cidades inteiras ficaram isoladas nos quatro continentes afetados pelo frio intenso, onde a quantidade de sal despejada nas ruas para derreter a neve provocou desabastecimento até mesmo em supermercados e para a fabricação de ração animal para o gado.

 

Porque esse calor no Brasil? Por causa da Anomalia do Atlântico Sul...

 

Vamos pensar um pouco: o que vai acontecer se os climas extremos se intensificarem no mundo, como já está ocorrendo?

Temos consciência de que isso será por fases, até o momento em que se tornará global  e irreversível.

  • Faltará alimento no mundo

  • As pessoas imigrarão para lugares como o Brasil, inclusive como refugiados (imagine que será como o caso dos refugiados da Síria ou da Venezuela, por falta de alimentos, mas potencializando-se esse caos), o que gerará também falta de alimentos, água e eletricidade, e tudo será racionado*.

  • Podemos entrar em uma crise mundial **

  • Os alimentos ficarão extremamente caros e escassos, no caso do Brasil inclusive, porque as plantas já estão morrendo por causa da Anomalia e dos raios ultravioleta no extremo, que estão nos afetando constantemente.

* A ONU pode exigir que o Brasil acolha esses refugiados, inclusive de acordo com uma previsão feita por Chico Xavier, mas eles viriam de forma militarizada.

** Uma crise mundial pode ser climática, nuclear, vulcânica, etc.

Cientes de que tudo isso é causado por um agente transformador externo (Elenin P/2011 NO1), e conscientes de que só existe uma maneira de nos protegermos contra tudo o que está acontecendo no planeta, estamos trabalhando em um projeto humanitário, um plano B.

tp4

Quer entender o que está acontecendo com o planeta?

Assista a palestra Transição Planetária As Verdades Escondidas.

E junte-se a nós, porque "Juntos Somos Fortes"!

Rodape

 

Fonte: http://deolhonotempo.com.br/index.php/internacional/6829-o-dia-depois-de-amanha-frio-de-ate-65-c-mata-quase-mil-pessoas-entre-a-africa-america-do-norte-asia-e-europa

Posted In:    

Other Details
  • Submitted On : 18 mar 2018